RESPIRAÇÃO HOLOTRÓPICA

Sub-título: Uma nova abordagem de autoexploração e terapia

O AUTOR
Na década de 1940, nos Estados Unidos, iniciaram-se diversos estudos científicos sobre os efeitos do LSD na psique e no corpo físico. Essas pesquisas atingiram seu auge nas décadas de 1950 e 1960. No entanto, em 1968, com a proibição do LSD, houve a restrição de todas as pesquisas, incluindo as do nosso autor, obrigando-o a abandonar o estudo dos psicodélicos e redirecionar sua atenção para os efeitos da respiração.

Stanislav Grof, nascido em 1931 na extinta Tchecoslováquia (hoje repúblicas independentes Tcheca e Eslováquia), é uma referência no estudo de estados não ordinários da consciência.

O QUE É RESPIRAÇÃO HOLOTRÓPICA?
A Respiração Holotrópica é uma prática realizada em consultório ou em salões, com a assistência de um terapeuta e um auxiliar. Tem efeitos sobre a mente, as emoções e até mesmo sobre o corpo físico. Quando conduzida em grupos, assume a forma de workshops com duração de aproximadamente quatro dias. Mais informações sobre esses encontros no Brasil podem ser encontradas nos links que disponibilizei ao final da página.

Na Respiração Holotrópica a estratégia não é tentar compreender intelectualmente e manipular a psique. É como como sugere o subtítulo do livro, autoexploratória. Na Respiração Holotrópica, os participantes exploram caminhos e regiões que muitas vezes lhes passam despercebidos. A prática permite trazer à tona energias estacionadas, como traumas, que até então não tínhamos condições de processar conscientemente, mas que exercem influência sobre nós de maneira inconsciente. Sem mencionar seres extracorpóreos a espiritualidade para o autor é uma dimensão real, natural.

Stanislav Grof não é o único a trabalhar com a respiração para promover estados alterados. No Oriente, conhecemos o pranayama, a Swara Yoga, entre outras práticas. No Ocidente, temos o Renascimento de Leonard Orr e a Radiance Breathwork. O que diferencia a Respiração Holotrópica dessas outras abordagens é o uso de música evocativa, o trabalho em pares com os participantes, o enfoque no trabalho corporal e, principalmente, a sólida estrutura teórica da psicologia transpessoal à qual os terapeutas são submetidos durante o extenso período de preparação e certificação.

Na Respiração Holotrópica o terapeuta tem papel de fornecer apoio. Stanislav parte da confiança de que todos temos uma inteligência interior de cura assim como o “médico interno” da terapia crânio-sacral de John Upledger. Stan se utiliza da idéia de arquétipos, assim como Jung.  São exemplos para dizer que Stan não aporta nada de novo, mas é exímio em costurar conceitos do mundo psicoterapêutico, das práticas religiosas e culturais apresentando as limitações de cada uma delas.

CONTEÚDO
Com cerca de 20 títulos já publicados, “Respiração Holotrópica” representa um marco que resume toda pesquisa de Stan ao longo de sua vida. Além da teoria, Stan compartilha conosco sua experiência resultante de dezenas de milhares de atendimentos já realizados. Neste livro, ele consegue organizar um volume impressionante de informações servindo também como fonte de consulta para os terapeutas interessados. É um livro completo.

Psiquiatra por formação, Stan mantém-se fundamentado nas psicoterapias, proporcionando ao leitor uma sensação de segurança e confiança em suas palavras. Alguns dirão: “Ele realmente sabe o que está falando“. Contudo, podemos identificar no livro muitas características de filosofias da contemporaneidade. Dirão: “Stan é um autêntico representante da Nova Era“. Seja qual for a perspectiva, o livro traz questionamentos relevantes, desafiando as fronteiras da psicologia convencional e da visão materialista de mundo.

Stan aborda temas variados, como espiritualidade, religião, evolução da consciência e técnicas terapêuticas. Embora o livro seja direcionado a psicólogos e terapeutas, ele descreve a dinâmica de uma sessão de Respiração Holotrópica, o papel do facilitador, os desafios, o potencial terapêutico e a integração com música, artes e dança. No entanto, o autor não detalha minuciosamente sua técnica; para isso, o interessado terá que adquirir o curso de 652 horas.

RECOMENDAÇÃO
O subtítulo do livro sugere uma “nova abordagem”, no entanto, já se passaram 14 anos desde sua publicação inicial. Recentemente, Stanislav Grof lançou “O Caminho do Psiconauta”, disponível em português e que parece oferecer uma perspectiva mais atualizada. Embora eu ainda não o tenha lido, seria a minha recomendação.

links externos sugeridos pelo autor DESSE POST:

VIDEOS SUGERIDOS PELO AUTOR DESSE POST:

Sobre seu mais novo livro “O caminho do psiconauta”. 3 minutos

 

posts NOSSOS RELACIONADOS COM ESSE TEMA:

O self perfeito e a Nova Era

O perfil do praticante da espiritualidade contemporânea é mapeado nesse livro fruto...

Ir ao post

Swara Yoga

A relação energia, consciência e respiração. Teoria e prática sem misticismo.

Ir ao post
PAULO HENRIQUE ARAUJO

paulo@meditecomigo.org

Moro em Recife. Desde cedo trabalhei e empreendi em vários segmentos dentro e fora do Brasil. Quando morava na China percebi que deveria dar mais atenção ao caminho espiritual. Além dos cursos e das práticas, os livros também ajudaram na minha jornada. Compartilho aqui alguns resumos na esperança que eles também lhes sejam úteis. Para ver todos os posts de Paulo clique aqui.

Seja avisado de novos resumos. Em média 1 ou 2 livros por semana. Sem propaganda, nem bate-papo. Saia a qualquer hora.

CLIQUE AQUI e seja adicionado à nossa lista de Whatsapp.

Seja avisado de novos resumos. Em média 1 ou 2 livros por semana. Sem propaganda, nem bate-papo. Saia a qualquer hora..

CLIQUE AQUI e seja adicionado à nossa lista de Whatsapp.

Veja posts por autor:

Respiração Holotrópica